MASIGNCLEAN101

Mito ou verdade? Pagar para usar Facebook - Reportagem do Fantástico


Reportagem do Fantástico Facebook
Pagar para usar facebook? verdade ou boato? 


Boatos sobre ameaças à privacidade dos usuários do Facebook voltaram circular na rede social recentemente.

A rede social garante que as informações "não procedem", que "o Facebook é um serviço gratuito" e não cobrará taxas de seus integrantes.
Mensagem falsa diz que Facebook vai cobrar por privacidade dos usuários (Foto: Reprodução/Facebook)Mensagem falsa diz que Facebook vai cobrar por privacidade dos usuários (Foto: Reprodução/Facebook)

Os alertas falsos, em forma de texto, informam que o Facebook passará a cobrar 6 euros para que seus integrantes mantenham seus dados privados. A cobrança não seria aplicada sobre aqueles que publicarem o texto de alerta em seus perfis.
Esta não é a primeira vez que rumores sobre mudanças nos termos de uso do Facebook se espalham causando desconfiança entre os mais de 1 bilhão de usuários do serviço.

Em novembro do ano passado, uma mensagem falsa em formato de texto jurídico circulou na internet alertando contra uma tentativa da rede social de fazer uso comercial de dados, fotos e conteúdos postados pelos usuários, conforme informou a BBC.
No domingo dia 21/10/2012,isso mesmo,em 2012, o programa Fantástico da Rede Globo veiculou uma reportagem sobre o problema de divulgação de dados pessoais nas redes sociais. Depois deste programa, surgiu no Facebook um procedimento supostamente feito para melhorar a segurança de seus dados pessoais. Em resumo, este procedimento dizia para você entrar nas configurações de seus amigos e desmarcar as opções “Comentários e opções Curtir” e “Fotos”do seu amigo (o texto completo encontra-se ao final deste artigo). 



O problema é que este procedimento é um hoax, uma armadilha antiga, que tenta enganar as pessoas. Ela não rouba informações ou invade seu perfil, mas na prática o que ela faz é torná-lo invisível para seus amigos. Pois quando eles executam o procedimento, eles deixam de ver as atualizações que você escreve e compartilha.

Afinal, o que é verdade?

Se você quiser rever a reportagem do Fantástico, o vídeo está disponível no link abaixo do site do Fantástico:
Veja que a reportagem nem sequer cita o Facebook, o alerta é para todas as redes sociais, pois o problema não é uma questão de configuração, o problema é o conteúdo das informações que você compartilha nas redes sociais.

Por que o procedimento não ajuda?

O procedimento que está sendo espalhado viralmente não ajuda pois ele não esconde os dados de ninguém.
Para dar um exemplo prático vou usar duas pessoas fictícias, João e Maria. Digamos que João siga aquele procedimento e desmarque as opções “Comentários e opções Curtir” e “Fotos” de Maria.
Daquele momento em diante, toda vez que Maria escrever alguma coisa no Facebook, ou der um “curtir”, ou compartilhar uma foto, o João não verá mais nada. Mas se o João abrir a página da Maria, clicando no nome dela, aí sim ele verá tudo o que ele tem permissão para ver.
Ou seja, ele só não verá as atualizações na página inicial dele, mas as atualizações estarão lá, na linha do tempo dela, disponíveis para os amigos ou para as pessoas com quem Maria compartilhou aquelas informações.
Portanto o procedimento não ajuda em absolutamente nada para proteger suas informações, ele faz apenas com que seus amigos não as vejam mais nas páginas iniciais deles. É como se de repente você parasse de atualizar o Facebook. Só isso.

É verdade que qualquer um vê tudo o que eu coloco no Facebook?

A resposta é não.
FacebookO Facebook oferece um controle bem detalhado de segurança de suas informações.
Você pode controlar quem pode visualizar as informações do seu perfil, suas atualizações, fotos, etc (mais detalhes a seguir).
Mas o Facebook não pode impedir seus amigos, que tem permissão de ver suas informações, de as divulgarem, compartilharem ou mesmo fazerem mal uso delas.

Então, o que ajuda?

Eu trabalho há anos na área de Tecnologia de Informação, e já trabalhei na área de segurança de TI, e eu digo isso a você: se você não quer que um desconhecido tenha acesso a alguma informação sua, então nunca a compartilhe, nem com seus amigos, nas redes sociais.
Não há melhor proteção do que não colocar as informações na rede.
O que eu sugiro é que você reveja seus perfis do Facebook, Twitter, LinkedIn e outras redes sociais e avalie as informações que você compartilha lá. Comece pelos seus dados pessoais. Não quer que qualquer um tenha seu número de telefone, por exemplo? Então tire-o do seu perfil. Simples assim.
Você quer que as pessoas possam te contactar de alguma forma? Então coloque seu número de celular (assim é mais difícil descobrir seu endereço, por exemplo), e configure-o de forma a ser visível apenas a seus amigos.

O que eu posso fazer?

Cada vez que você compartilha algo, você tem um botão onde você determina quem poderá ver aquela informação/foto:
Pagar para usar o facebook?A reportagem nem menciona isso .


Desconfie das armadilhas

Com relação aos hoax e armadilhas, uma dica que eu dou para que você é que sempre desconfie de qualquer coisa que alguém compartilhe com você e que peça para você copiar aquele texto e colar no seu status. Isso é uma grande indicação de algo falso (hoax) ou uma armadilha.
Por quê? Porque se a pessoa está compartilhando algo de valor, algo que realmente é útil, com certeza ela vai querer o crédito, e vai pedir para você compartilhar aquela dica usando o link de compartilhamento do Facebook ao invés de copiar e colar, pois ao compartilhar o nome dela vai junto, e com isso vai também o crédito de quem criou aquela dica.
Se a pessoa não quer o crédito da dica, então desconfie. Pediu para copiar e colar? Por mais bacana que pareça a dica, mesmo que seja um apelo para salvar a vida de alguém, não faça isso. Ignore, e se quiser avise seu amigo para tomar cuidado com este tipo de armadilha.
Concluindo,não existe nenhuma fonte oficial sobre pagamento do uso do facebook.O que existe pago é para anunciar alguma coisa,divulgar um site ou produto .

Fonte: G1.com.br
Compartilhe esse artigo!
Marcus Vinicius
escreve para o Mundo Informal sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Seja livre para expor seu pensamento!

Se preferir, antes, leia nossas regras para comentários...
(Atenção: Comentários "Anônimo" não serão publicados. Escolha "Nome/URL". Obrigado!)
Bom comentário!